entenda o que é marketplace

Muitos se perguntam o que é Marketplace atualmente. Afinal, com a pandemia do coronavírus e o isolamento social, as compras online aumentaram exponencialmente no último ano e a dúvida sobre o assunto acaba por reverberar de fato para muita gente! Por isso, preparamos este artigo para explicar tudo sobre o assunto para você e ainda te dar sugestões de como montar o seu aplicativo de vendas. Confira!

O que é Marketplace?

Quando falamos em Marketplace, podemos defini-lo literalmente como um shopping virtual, onde várias lojas ou vendedores se reúnem para vender seus produtos em uma mesma plataforma/lugar. 

 

É fato que alguns e-commerces recebem centenas de milhares de visitas por mês. Gigantes do ramo chegam até mesmo à casa dos milhões de visitas e o Marketplace proporciona isso aos pequenos empreendedores agora também! Um pequeno comerciante já pode utilizar a estrutura de grandes sites para ofertar seus produtos graças a esse modelo de negócio. Acompanhe como!

Como funciona o Marketplace 

Entendendo a fundo sobre o que é o Marketplace

Para poder vender seus produtos dentro de uma plataforma de Marketplace, o lojista deve se cadastrar e catalogar seus produtos para que em troca de uma taxa, por exemplo, a plataforma ofereça estrutura e divulgação para ele.

Como faço para lucrar?

Pode ser que esteja pensando em administrar um Marketplace e já tenha até mesmo calculado alguns possíveis gastos que isso gera, como TI, hospedagem de site, manutenção, etc. Mas você também pode ficar tranquilo, pois, se souber trabalhar algumas vertentes, é possível encontrar maneiras de lucrar com esse tipo de negócio virtual. Por exemplo, que tal explorar: 

 

Assinatura: É possível que se cobre assinaturas mensais ou anuais dos lojistas/vendedores/prestadores de serviços se você não for intermediar diretamente as transações que estiverem hospedadas em seu Marketplace.

 

Freemium: O Freemium costuma gerar um resultado bastante satisfatório, pois ele vem com a proposta de oferta grátis, mas que pode evoluir para a versão premium onde o parceiro encontra benefícios. E então sua imaginação pode correr solta e os benefícios serem os mais diversos, desde ferramentas complementares até mesmo aumento da visibilidade da loja do fornecedor, por exemplo.

 

Comissão sobre as vendas: Essa é a forma mais costumeira encontrada na maioria dos Marketplaces atualmente. O lojista/vendedor faz o cadastro na plataforma e então vende seus produtos mediante uma taxa de comissionamento em cima de cada produto. É possível também combinar uma taxa fixa entre a plataforma e o comerciante.

 

Existe alguma diferença entre Marketplace e E-commerce?

Quando identificamos o que é Marketplace, a próxima dúvida é se ele difere do E-commerce e podemos responder que a principal diferença entre eles é o E-commerce é uma empresa própria em que a marca é a responsável por vender o produto, bem como cuidar da logística desde a compra até a entrega para o consumidor final. E ela também só vende o que tem em seu próprio estoque e o que faz parte daquele catálogo de produtos específicos. 

 

Já no Marketplace, assim como num shopping, funciona como uma vitrine virtual. Várias lojas e vendedores expõem seus produtos ou prestação de serviços, o que envolve uma gama e diversidade muito maior de itens e todos eles dentro de uma mesma plataforma. 

Como faço para criar um aplicativo de Marketplace?

Você pode criar seu próprio app de Marketplace e virar um empreendedor no ramo tecnológico também. Vamos te mostrar como!

 

Apesar de não ser uma tarefa tão simples, se você seguir alguns passos e trabalhar bastante, é possível que consiga um retorno bastante positivo investindo em um aplicativo de plataforma de Marketplace. Confira a seguir algumas dicas que podem te ajudar nesse processo:

Decida o segmento de mercado

É interessante você decidir qual nicho irá investir. Atualmente existem segmentos de Marketplace de diversos setores diferentes tais como alimentos, eletrônicos, acessórios e maquiagens femininas, dentre outros. Para isso, é necessário você investir em uma pesquisa de mercado séria e comprometida. 

 

Lance mão de ferramentas tais como Google Trends e o Google Adwords Keyword Planner, elas vão te mostrar quais palavras-chave vêm sendo mais buscadas atualmente e se o nicho que você tem em mente se encaixa no que gostaria de montar para o seu aplicativo.

Busque por parceiros de negócios

O cálculo é bem simples, se você não tiver o que vender no seu aplicativo de Marketplace, simplesmente não terá clientes para realizar compras por lá e tudo será um fracasso tremendo, por isso, é essencial que você busque por fornecedores que topem vender seus produtos dentro da sua plataforma! Você pode buscar por empresas online ou pessoas físicas e até mesmo prestadores de serviço como manicures, Uber, taxistas ou que ofereçam aluguel de algo como equipamentos e espaços físicos (Airbnb).

 

Não se esqueça que é fundamental que você garanta plena satisfação de seus clientes, tanto os parceiros lojistas quanto os consumidores e para te ajudar.

By vitor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *