evitar caries

Quando falamos de saúde bucal, geralmente está atrelada a saúde dos dentes dos adultos e dos adolescentes, entretanto, o cuidado com os dentes na fase pueril é ainda mais importante, principalmente para evitar cárie nas crianças e garantir uma boa dentição.

 

Segundo dados do Ministério da Saúde, mais de 53% das crianças já tiveram cárie, enquanto 46,6% não apresentaram nenhum tipo de cárie até os cinco anos e esse número diminui quando vamos para as crianças de doze anos. 

 

Portanto, o cuidado com os dentes e com a boca das crianças são fundamentais, principalmente para que, se necessário o aparelho ortodôntico seja eficiente e apresente bons resultados para os adolescentes.

Entendendo a cárie em crianças

A cárie em crianças pode se desenvolver em várias etapas da dentição, a mais conhecida inicialmente é a chamada “Cárie da Primeira Infância” (CPI). Essa é uma disfunção que é evitável em crianças até seis anos.

 

Segundo a Academia Americana de Odontopediatria (AAPD), as crianças têm mais chances de serem diagnosticadas com CPI (quase sempre limitada aos dentes de leite) do que com asma. 

 

Outros fatores também estão ligados ao aparecimento de cáries, como a alimentação bastante açucarada e cheia de gorduras e carboidratos. 

 

Por isso, cuidar da alimentação das crianças é essencial para evitar que as crianças passem por tratamentos mais invasivos futuramente.

 

Tratamentos comuns para a cárie mais avançadas são o canal e a extração de dente, contudo, em crianças a necessidade desses tratamentos – bem como outras formas de tratamento – devem ser bem avaliadas e o ideal é que a cárie seja evitada.

Fatores de risco que desenvolve a CPI

Existem alguns fatores de risco que podem aumentar as chances de desenvolvimento das cáries em crianças até seis anos. 

 

A primeira é nunca ter ido a uma consulta, dormir com a mamadeira cheia de suco de fruta ou leite e não ter a gengiva limpa adequadamente antes de dormir.

 

No tópico abaixo abordaremos sobre os cuidados da saúde bucal que devem ser feitos para evitar o desenvolvimento de cáries nas crianças, proporcionando uma dentição mais segura e eficaz, o que contribui até para que – no futuro – quando o tratamento de canal precisar ser feito, haja uma melhor adesão.

Como prevenir as cáries nas crianças

Para crianças até um ano de idade, é recomendado que as crianças sejam atendidas por um odontopediatra ou um cirurgião-dentista generalista. 

 

Esse atendimento deve acontecer pois é o momento em que os dentes de leite, tanto inferiores como superiores, começam a nascer.

 

Também é importante que se escove os dentes ao menos duas vezes ao dia com um tipo de creme dental que ajuda na proteção do esmalte dos dentes. Além disso, é importante que se evite alimentos com grandes quantidades de açúcar.

 

Outro componente que é muito importante é a aplicação de flúor nos dentes, essa substância é extremamente importante para que as bactérias da nossa boca estejam equilibradas e não se desenvolvam para uma erosão dos dentes. 

 

Contudo, é preciso atenção à quantidade usada.

 

Além da aplicação do flúor, que deve ser feita em pequenas doses com creme dental e após a primeira dentição e receber flúor no dentista em quantidades aceitáveis, é possível usar enxaguantes bucais com esse tipo de produto.

 

Depois que os dentes de leite nascem, é fundamental que as consultas regulares ao dentista aconteçam, principalmente ao odontopediatra. 

 

Isso porque esse profissional conseguirá dar todo o atendimento necessário para as crianças e para os pais quanto aos cuidados que devem ser tomados para evitar as cáries.

 

Além das cáries, o dentista também ajuda a evitar alguns problemas que podem aparecer em sequência, como as placas bacterianas. 

Dicas para as crianças terem dentes fortes e saudáveis

Além de todos esses cuidados, é importante incentivar as crianças quanto ao processo de higienização. 

 

Afinal, esse ponto serve tanto para as crianças, como para as pessoas mais velhas que possuem algum tipo de implante dentário.

 

A higienização é a forma mais rápida de prevenção para cáries e de problemas bucais variados.

 

O incentivo para iniciar a escovação é presentear a criança com um kit escovação bastante divertido. Assim, ela se sentirá mais à vontade e começará a colocar na rotina o processo de escovação.

 

Você, como pai, mãe ou responsável, também deve estar presente na escovação, para que sirva de modelo para os pequenos. Esse tipo de atitude permite que os ensinamentos sejam passados de maneira muito mais rápida e eficaz.

 

Portanto, entendemos que para evitar a cárie nos pequenos, de bebês a crianças maiores, é preciso atenção, cuidado com a alimentação e um ótimo exemplo dos pais.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Clínica Ideal, plataforma especializada em marketing e gestão para consultórios e clínicas odontológicas.

By vitor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *